Blog - Aos meus animais

Aos meus animais

Por: Mónica de Bastos
Data: 13 de Fevereiro de 2011, ás 21:28
Num. de visitas: 1661

 Desde muito cedo, aprendi a conhecer, entender e, acima de tudo, a respeitar os animais. Recordo com saudades os que já não estão comigo, mas com alegria as nossas brincadeiras, as nossas aventuras, a nossa história e agradeço-lhes todos os momentos que passámos juntos. Momentos inesquecíveis e de profunda amizade.


Lembro-me de cada um até ao mais pequeno pormenor. Rio quando conto as histórias bonitas que vivi com eles e choro com saudade daqueles que foram tão cruelmente tratados que, nem mesmo eu, consegui salvar. 


Ter um amigo de 4 patas é muito mais do que idas ao veterinário, mudar a água e a ração, escovar o pêlo, idas à rua em noites de chuva e frio. Ter um animal é assumir um compromisso para toda a vida e receber em troca uma cauda a abanar, lambidelas na cara e o amor mais fiel que alguém pode ter. 


Afirmo, sem qualquer receio de parecer ridícula, que não concebo a minha vida sem a sua presença e recuso-me terminantemente a virar a cara, ou negar uma mão amiga a qualquer um que se cruze em dificuldades pelo meu caminho. Afinal, não é à toa que se junta uma quantia substancial de animais, todos eles resgatados da rua e em condições muito pouco dignas. Agradeço aos meus pais o apoio nesta difícil cruzada e a casa que acolheu a maioria deles. 


Ultrapassei crises de alergia aos seus pêlos, por considerar os animais e as suas vidas, muito mais importantes do que uns espirros e umas idas ao alergologista. A minha vontade era tão grande que me tornei imune. Ultrapassei o meu medo do sangue, da dor, de curativos complicados. Ultrapassei o sono em noites de vigília profunda. Só não ultrapassei a vontade, a ajuda, o amor, a dedicação. E não me peçam para ser indiferente, porque eu não consigo. 
Estas palavras são dedicadas a todos os animais que tiveram o azar de se cruzarem com gente sem coração. É dedicado aos que tiveram sorte e o destino lhes pôs no caminho um amigo. É dedicado aos meus animais... aos de ontem, aos de hoje e aos de amanhã, a quem eu mais uma vez estenderei a minha mão.

Publicidade

Torne-se sócio da Kausa Animal

Pode ajudar a kausa animal tornando-se nosso sóci ou volunario. Clique aqui.

Forma simples de Ajudar

Existe uma forma simples de ajudar a Kausa Animal. aqui para ver como!

Newsletter e RSS

Mantenha-se informado do que se passa na KausaAnimal.

Subscrever a nossa newsletter

Parceiros

O site da KausaAnimal.org é oferecido por Álvaro Morais

Farmácia Solidária (Novo)

Farmácia Solidária

Capitão KAP(Novo)

Descontraia-se a jogar o Capitão KAP